Induction Day

No dia 21 de Fevereiro na Fundação Montepio, em Lisboa, aconteceu a apresentação oficial dos novos Ashoka Fellows e  Escolas Transformadoras em Portugal.


 

Miguel Neiva, primeiro Ashoka Fellow Português, falou da sua experiência e explicou o que para ele é ser fellow, já os novos Ashoka Fellows apresentaram os seus projetos:

Hugo Menino Aguiar, falou da forma como está a possibilitar a criação orgânica de comunidades SPEAK, onde a diversidade é valorizada e as diferentes culturas são partilhadas num ambiente seguro, através de encontros de igual para igual. Graças a uma plataforma online e descentralizada, hoje em dia milhares de migrantes e refugiados em vários países da Europa têm a oportunidade de se encontrar e desenvolver relações de proximidade e apoio mútuo entre si e com residentes locais, podendo eles próprios tomar iniciativa de promover a troca de conhecimento e cultura em eventos e sessões de aprendizagem de línguas. Baseadas na empatia, no encontro e na partilha, as comunidades SPEAK são hoje um veículo poderoso de destruição de estigmas e integração de minorias.

António Bello, explicou como está a promover esforços colaborativos ao nível local para permitir que  aqueles que se vêem presos em situações de habitação insegura ou degradada possam reabilitar as suas vidas, e de como, através da mobilização de  voluntários e das redes locais para a reabilitação de casas e prestação de outros apoios sociais, a Associação Just a Change pode pôr um travão ao ciclo de pobreza de milhares de pessoas, criando as condições para que estas possam reinventar-se sem que seja preciso recorrer a habitação social.

Alexandra Machado, partilhou a forma inovadora como está a mudar o paradigma da falta de oportunidades para as mulheres em  Moçambique, através da criação de novos ”role models” por via de um inovador sistema de mentoria e explicou de que maneira o programa da Girl Move identifica  e prepara a nova geração de líderes moçambicanas (Girl Movers), passando-lhes as ferramentas, oportunidades e mentoria necessárias para resolverem os problemas  mais prementes do seu país e mudarem fundamentalmente o papel das mulheres na sua sociedade.

As novas, Escolas Transformadoras em Portugal, Colégio Novo da Maia (Maia), Colégio Monte Flor (Lisboa), Agrupamento de escolas de Alcanena (Alcanena), Scholé (Matosinhos) e Agrupamento de Escolas do Cerco (Porto) foram apresentadas pelos seu alunos, com discursos inspiradores sobre o mundo EACH ambicionam de forma otimista alcançar e receberam, depois, receberam as placas como distinção do seu trabalho, oferecidas pelo Agrupamento de escolas de Freixo, e receberam ainda bonsais entregues pelas escolas transformadoras nomeadas em 2017.

Quem, também, marcou presença neste dia foram Ricardo Neves, Ashoka fellow do Brasil, Margarida Couto da Grace e membro do Steering Committee da Ashoka em Portugal e Kenneth Clewett, diretor da iniciativa Hello Europe da Ashoka.

O Induction Day, foi um evento, verdadeiramente, inspirador e mais um passo importante, naquilo que é o papel da Ashoka Portugal, na construção de um mundo EACH ( Everyone a Changemaker).